quarta-feira, 18 de maio de 2016

Por iniciativa de César Halum, Comissão do Esporte debaterá criação de centros de vôlei em todos os Estados

Halum junto ao presidente da FTV, Ricardo Abalem
A Comissão do Esporte discute nesta quarta-feira (18), a partir das 15h, a construção de centros de desenvolvimento de voleibol em todas as unidades da federação.

“O voleibol brasileiro tem se destacado no cenário mundial nas últimas décadas. Foram diversos títulos e conquistas no masculino e feminino, nas categorias profissional, juvenil e infantil, tanto no voleibol de quadra, quanto no voleibol de areia”, relembra o deputado César Halum (PRB-TO), que pediu a realização do debate nesta quarta. “Para manter esse padrão de competitividade em relação às outras potências mundiais, os investimentos não podem parar”. 

Os centros de desenvolvimento do voleibol, explica Halum, seriam interligados com o Centro de Treinamento de Saquarema, no Rio de Janeiro, “oportunizando um total intercâmbio entre as federações estaduais e a Confederação Brasileira de Voleibol”.


O projeto será apresentado pelo presidente da Federação Tocantinense de Vôlei (FTV), Ricardo Abalem. O dirigente destaca que quer mostrar aos deputados a importância de apoiar o projeto, pois o benefício não será somente para o Tocantins, mas para os todos os estados.

Foram convidados para debater o assunto o  ministro do Esporte, Leonardo Picciani; a secretária de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal, Leila Barros; o diretor-executivo da Confederação Brasileira de Voleibol, Ricardo Trade; o presidente da Federação Tocantinense de Voleibol, responsável pela execução do projeto dos Centros de Desenvolvimento de Voleibol, Ricardo Abalém Júnior; e o ex-atleta do voleibol de areia, Emanuel Rego.

O cidadão poderá enviar comentários e perguntas aos participantes. Basta acessar o link (http://goo.gl/GqA64c)

Projeto 

O Centro de Desenvolvimento faz parte de um projeto nacional de integração do voleibol. A obra, que está orçada em R$ 4 milhões, terá duas quadras internas para o vôlei indoor, cinco quadras externas para pratica do vôlei de praia, academia, restaurante, sala audiovisual (cursos e palestras), fisioterapia, administração , duas torres laterais para instalação de postos de apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.



terça-feira, 17 de maio de 2016

César Halum presidirá comissão que analisa PEC dos agentes comunitários da terra

O deputado César Halum (PRB-TO) foi eleito presidente da comissão especial destinada a analisar a proposta de emenda à Constituição (PEC) 131/11, que assegura a prestação de serviço de orientação técnica agrícola e pecuária específica por agentes comunitários da terra como parte integrante da Política Agrícola e da Reforma Agrária.

Segundo Halum, a PEC é muito importante para desenvolver econômica e socialmente os pequenos produtores rurais. “A comissão é extremamente importante porque trata do agente comunitário da terra. E dará muitos retornos ao Brasil, que tem investido na agricultura familiar”, afirmou.

O presidente designou o deputado Luiz Cláudio (PR-RO) como relator da comissão especial. Cláudio afirmou que é preciso desenvolver trabalhos voltados para a assistência técnica dos agentes para que eles possam se desenvolver.

“Os assentamentos precisam ser sustentáveis e produtivos. Mas, para isso, é necessário assistência técnica, pois ela é fundamental no processo produtivo para organização do produtor, na implantação de tecnologia e na tomada de crédito”, disse Cláudio.

O deputado Halum disse que os deputados que da comissão estão preparados e possuem expertise suficiente para analisar a PEC. “Nós temos um grupo de parlamentares prontos para fazer um belo trabalho”, avaliou.

Ainda foram eleitos como vice-presidentes os deputados Zé Silva (SD-MG), Shéridan (PSDB-RR) e Evair de Melo (PV-ES).

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Halum propõe Decreto Legislativo que susta cobrança de inspeção veicular ambiental

Em virtude da nova taxa de inspeção veicular ambiental que entrou em vigor no Tocantins desde o dia 2 deste mês, o deputado federal César Halum (PRB-TO), apresentou nesta terça-feira, 5, o Projeto de Decreto Legislativo 386/2016, que susta a Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente-CONAMA nº 418, de 25 de novembro de 2009. Para Halum, a resolução que instituiu normas para a implementação da inspeção veicular ambiental nos estados e municípios é inconstitucional e viola arts. 23, VI e 24, VI da Constituição Federal.

“Embora o CONAMA seja um órgão colegiado, composto por Secretários Estaduais e Municipais de Meio ambiente, não pode sobrepujar a competência constitucional do Congresso Nacional e editar normas de competência da União que oneram ainda mais os cidadãos”, critica. Segundo o republicano, a defesa do meio ambiente é sempre necessária, mas, neste momento de crise, o mais importante é manter as perspectivas da população sem onerar ainda mais os contribuintes. 

“As famílias estão passando por diversas situações inusitadas. Pais, mães e filhos estão assustados com os preços das mercadorias, produtos e serviços. Urge entender este momento e suavizar as dores provocadas pela desestruturação da economia, dos orçamentos e dos salários em nosso país”, ponderou o deputado Halum.

Halum afirmou, ainda, que não foi comprovada a eficácia da inspeção, uma vez que não são conhecidos estudos que apontem qualquer tipo de mitigação no que se refere aos resultados do funcionamento da Inspeção Veicular Ambiental.

Protocolo de Kyoto


O parlamentar destaca que em nenhum momento foi pensado inviabilizar o Protocolo de Kyoto - instrumento internacional ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. “Dados divulgados em fevereiro de 2015 apontam que esse acordo não atingiu seus objetivos iniciais, pois houve um aumento da emissão mundial destes gases em 16,2%”.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Não há rejeição a Fabiano Parafusos”, diz Halum na Agrotins

Presidente do PRB no Tocantins confirma candidatura de Fabiano Parafusos a prefeito de Palmas e diz que o nome tem aceitação entre líderes de diferentes forças políticas na Capital.

Presidente do PRB Tocantins, o deputado federal César Halum (PRB) visitou nesta sexta-feira, 6, a 16ª Agrotins, a maior feira de tecnologia agropecuária da região Norte do país. Acompanhado do empresário Fabiano Parafusos (PRB), pré-candidato a prefeito de Palmas, e do vice-prefeito de Colinas, Adriano Rabelo (PRB), que disputará a prefeitura de Colinas, Halum visitou estandes de empresas e cumprimentou técnicos e expositores.
Questionado se o PRB terá de fato candidato próprio nas eleições para prefeito de Palmas, César Halum garantiu que este é um assunto superado e que o partido já trabalha na consolidação do nome de Fabiano Parafusos junto a líderes políticos da Capital. “Preferimos ser cabeça de sardinha do que rabo de tubarão” disse ele ao refutar qualquer possibilidade de o partido não ter candidato a prefeito na Capital.
“A receptividade ao nome do Fabiano tem sido excelente. No meio político, nenhum líder ou até adversário o rejeita com veemência”, afirmou Halum. “Na Agrotins, verificamos que ele tem aceitação entre os empresários, por ser um deles, e também de comerciantes e de técnicos. Fabiano será a grande novidade da campanha eleitoral na Capital”, destacou.
Para Fabiano Parafusos, o momento é de conversar com os vários segmentos da sociedade, entre empresários, produtores, comerciantes e líderes políticos. “Sentimos que o momento é de mudança e nada muda se a gente não mudar primeiro”, afirmou. “Estamos conversando com as pessoas, apresentando nossa disposição de contribuição para um projeto melhor de cidade”, acrescentou.
Agrotins
Sobre a 16ª edição da Agrotins, César Halum destacou que a feira oferece ao produtor tocantinense a mesma tecnologia utilizada no Brasil e que, apesar da crise econômica e política que o país atravessa, a movimentação na Agrotins deve ser expressiva. “Se por um lado a Agrotins talvez não tenha o mesmo público que as edições anteriores, por outro lado a feira surpreende pelo volume de negócios, que deve ser igual ou superior ao do ano passado”, disse o parlamentar.
Fabiano Parafusos, que expõe na Agrotins há 12 anos, disse que valoriza a iniciativa de outros empresários locais em acreditar na Feira. “A iniciativa privada vai na raça mesmo e não se deixa vencer no embate contra a crise”, destacou.
Para o vice-prefeito de Colinas, Adriano Rabelo, a Agrotins é uma oportunidade de troca de conhecimentos entre produtores. Ele acredita que a disponibilidade de crédito para este segmento produtivo é um bom negócio para o poder público. “Nós sabemos que este crédito ofertado retorna quase integralmente para o governo na forma de impostos, pois ele alimenta toda a cadeia produtiva. Desde combustível, máquinas, insumos, enfim, faz girar a economia”, afirmou.
Com o tema “Tecnologia a favor do homem e da natureza”, os organizadores da Agrotins esperam receber 100 mil visitantes no Parque Agrotecnológico de Palmas e movimentar cerca de R$ 500 milhões em negócios, entre segunda-feira, 2, e sábado, 7. Em 2015, a Agrotins movimentou R$ 606 milhões, contra R$ 560 milhões da edição de 2014.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Halum é eleito presidente da Comissão do Esporte

Halum toma posse na presidência
Após mais de dois meses de adiamento, a Câmara dos Deputados elegeu na manhã desta terça-feira (3) as mesas diretoras das comissões técnicas. O deputado republicano César Halum (PRB-TO) foi eleito, por unanimidade, presidente da Comissão do Esporte, vaga antes ocupada por Márcio Marinho (PRB-BA).

Halum criticou a demora em instalar as comissões e disse que vai dar continuidade ao trabalho realizado por Marinho. “O processo de impeachment fez com que essas comissões, que teriam sido implantadas no mês de fevereiro, fossem instaladas só agora. Perdemos 60 dias de trabalho, mas vamos nos esforçar para acelerar os resultados. O mais importante é avançar no Plano Nacional de Desporto, que tem como uma das metas combater o sedentarismo no Brasil. Nós queremos fazer com que as escolas retomem a matéria de educação física na sua grade curricular para revelar novos atletas, descobrir talentos e, acima de tudo, combater o sedentarismo”, apontou.

Marinho parabenizou os deputados eleitos e reforçou que o partido demonstra uma preocupação muito grande com o esporte em todo o país. “Tivemos essa dificuldade na instalação de todas as comissões desta Casa, mas tenho a convicção de que, assim como um bom jogador aproveita o pouco tempo quando entra em campo para fazer o gol, Halum dará uma enorme contribuição ao debate neste colegiado”, afirmou.

Alves também parabenizou o novo presidente e se colocou à disposição para ajudá-lo no desafio. Estou certo de que o senhor fará um ótimo trabalho à frente desta comissão, assim como fez Márcio Marinho. Vamos dar continuidade ao trabalho iniciado por ele. Estamos juntos e vamos fazer o melhor para nosso país”, finalizou o deputado Roberto Alves.

A comissão
O colegiado tem por finalidade apreciar os assuntos ou proposições bem como acompanhar os planos e programas governamentais e a fiscalização orçamentária da União, nos seguintes campos temáticos e áreas de atuação: sistema desportivo nacional e sua organização, política e plano nacional de educação física e desportiva, normas gerais sobre desporto e justiça desportiva.

Em 2016, os integrantes da comissão devem iniciar os trabalhos discutindo questões relacionadas aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, que serão realizados no Rio de Janeiro em agosto e setembro; a reforma estrutural, legal, tributária, jurídica e previdenciária do futebol brasileiro; e a elaboração do Plano Nacional do Desporto.